quinta-feira, 22 de setembro de 2011

UMA NOVELA CHAMADA MOTOR

Olá amigos,

Pois é... às vésperas de completar 1 mês (25/09) que o motor começou a ser instalado no MYSTIC, posso dizer que meu barco ainda não tem um motor de centro.

O motor já está lá, bonitinho e funcionando, mas nem tudo neste processo foram flores e o capítulo final, ... bem: não sei.

O "novo" motor do MYSTIC, já na cabine, aguardando para entrar no compartimento
 Uma sucessão de acontecimentos, desencontros e claro, descuidos acabaram atrapalhando a finalização da instalação, o que, confesso, está me deixando bastante irritado.

A chegada do Josivan com o motor, com atraso de algumas semanas foi só o começo do problema. Some-se a isso uma ressaca que assolou Niterói naquele período, bem como problemas com maré para encostar o barco no cais. Naqueles dias difíceis, tenho certeza que o Josivan fez o seu melhor e, na semana seguinte, viajou de volta a Ubatuba (sua base) sem que eu pudesse testar a máquina, até porque seu irmão - o competente eletricista Joabi ainda não havia terminado a instalação elétrica do motor.

Tá lá!!! Devidamente instalado no seu compartimento.
 Além de algumas pendências da instalação propriamente dita que acabei resolvendo eu mesmo (uma nova manete de comando do motor, já que a original foi condenada pelo Josivan e remendar um furo no abafador, que ele alega já ter encontrado lá).

O principal problema, resumidamente, foi a instalação de uma bomba de água salgada incapaz de refrigerar o motor (a que estava lá também foi condenada e trocada pelo Josivan). Com isso, até hoje não consegui sair com o barco para testá-lo, quanto mais dar um passeio com a família.

video


O Josivan disse que no dia 15/09 estaria de volta a Niterói, quando resolveria qualquer problema pendente e faria a entrega técnica do motor. O problema é que ele não veio, alegando que ainda nãotem uma bomba nova para substituir a que ele colocou lá.

Essa indefinição e a impossibilidade de poder usar o barco estão me deixando realmente muito irritado, pois o serviço contratado não foi barato, toda a paciência que tinha (e mais um pouco) já se foi com os seguidos atrasos do Josivan e não tenho perspectiva de quando terei o serviço concluído.

Aguardem cenas do próximo capítulo.

Bons Ventos,



.

Nenhum comentário:

Postar um comentário